Rancho Folclórico Infantil e Juvenil da Casa do Povo de Bitarães

            Jorge Maria Fontoura Queirós Malheiro - Freguesia de Bitarães
            Maria José Sousa Lopes - Freguesia de Bitarães
            Salvador Ferreira de Sousa - Freguesia de Bitarães
            Maria Júlia Oliveira Costa - Freguesia de Gondalães



            O rancho Infantil e Juvenil da Casa do Povo de Bitarães foi fundado a 15 de Junho de 1982, com vista a divulgar o folclore da região, mais precisamente a região do Vale do Sousaonde se insere a freguesia de Bitrães, pertencente ao conselho de Paredes, no Douro Litoral.
          Os trajes são regionais, como se usavam no tempo dos nossos antepassados, sendo de uso domingueiro e festivo, mas incluindo também dois trajes de trabalho e de noivos.
            Os cantores da nossa tocata foram recolhidos com base nos festejos populares e cantares de trabalho, durante as desfolhadas, víndimas e outros trabalhos de campo.
            Os primeiros trajes (saias) foram feitos pela Sr.ª D.ª Henriqueta, mãe da Sr.ª D.ª Maria José Sousa Lopes (Fundadora).
            Os elementos que faziam parte do Rancho no seu inicio, os mais adultos da tocata vieram de freguesias vizinhas, mas também da nossa freguesia.
          Os mais novos (dançarinos) eram da freguesia de Bitarães, mas também das freguesias de Beire e Gondalães, estes últimos vieram com a Sr.ª D.ª Júlia Oliveira Costa (Fundadora). Apareceram cerca de 80 crianças e o ensaiador foi o Sr.º Salvador Ferreira de Sousa (Fundador). Foram escolhidos 15 pares.
            Fazem parte do nosso reportório de músicas e danças:
            Rusga Duriense; Desgarrada do Douro; Malhão das Palmas; Vira Estrepassado; Vira Mancado; Xula Vareira Velha; Cana Verde; Tirana; verdegar da Roda; Rosinha; Vira de Oito; Xula da Casa do Povo; São Saias Amor são Sais; Senhor da Pedra; Vira da Morena; Malhão Picado; Vareira Linda Vareira; Rosa Arredonda a Saia;



            No seu inicio, organizou-se o primeiro festival com a presença de 4 ranchos e vários convidados: Presidente da Câmara Municipal de Parerdes na ocasião o Sr. Jorge Maria Fontoura Queirós Malheiro (Fundador), o Sr. Presidente da Junta de Freguesia de Bitarães Francisco Gaspar e o Sr. Presidente da Junta de Freguesia de Gondalães Joaquim Leal.
            A sua divulgação foi feita através da aparelhagem sonora (altifalante), num veículo automóvel e através de programas.
            Desde então o Rancho participou em festas, romarias e em festivais na freguesia onde o Rancho esta inserido. Um destes festivais foi internacional, com a presença de 6 Ranchos estrangeiros e 5 nacionais. estamos também presentes em todos os festivais dos grupos e Ranchos que participam nos nossos festivais. Já participamos em festivais em Espanha e na Madeira.



            Temos subsidio anual do Município de Paredes e da Junta de Freguesia de Bitarães. O Municipio de Paredes disponibiliza o transporte para quase todas as saídas. Temos também a ajuda de várias pessoas e de algumas empresas que contribuem com patrocínios. Como todos sabem ou devem saber, este grupo só pode sobreviver com a ajuda dos apaixonados por este tipo de danças e que têm amor por esta terra fazendo de maneira que a tradição não termine, pelo contrário, que renasçam pessoas com gosto pelo folclore. È pena que nesta freguesia há muitos a deitar a baixo aquilo que levou tempo a formar. Este Rancho é a única actividade que leva o nome da freguesia de Bitarães aos quatro cantos do país.
                                         Inicio

                           Historial
      
          Orgãos Sociais

                 Galeria
     
           Eventos
        
    Contactos